04/12/2017

Engenheiro Coelho deve receber ETEC em 2018

Prefeitura chancelou curso de técnico em Administração para o segundo semestre de 2018

Nathália Lima

A partir do próximo ano, Engenheiro Coelho deve contar com uma Classe Descentralizada da Escola Técnica Estadual (ETEC). A confirmação chegou ao município na manhã da última terça-feira, 28 de novembro. O curso de Administração terá início no segundo semestre de 2018.

As aulas serão realizadas de segunda a sexta-feira, na Escola Eliza Franco de Oliveira, em período noturno. Todos os alunos precisam ser graduados no Ensino Médio. As inscrições para o vestibular acontecem no primeiro semestre de 2018. Ao todo, foram disponibilizadas para o município 40 vagas para o curso de Administração.

Além deste primeiro curso, a Prefeitura também busca a vinda do curso de Mecânica, “já que na cidade existem empresas com carência de mão de obra qualificada nesta área”, explica Pedro Soares (Bange), responsável pelo setor de Comunicação do Executivo. De acordo com o assessor, reuniões foram feitas para que haja uma cooperação entre o setor público e privado neste sentido.

Na ETEC, as classes descentralizadas ministram cursos técnicos com duração de um ano e meio, nos setores industrial, agropecuário e de serviços. Elas funcionam em prédios escolares com um ou mais cursos gratuitos, em parceria com prefeituras ou empresas, sob a supervisão de uma ETEC próxima. No caso de Engenheiro Coelho, a ETEC responsável pelo curso é a de Mogi Mirim (SP).

De acordo com o diretor da ETEC “Pedro Ferreira Alves”, de Mogi Mirim, André Luiz dos Santos, a implantação de um curso técnico no município coelhense beneficia a população local. “Cursos profissionalizantes têm o papel de capacitar, aumentando o interesse de empresas pelo município e na mão de obra do município”, assevera. Ainda segundo o diretor, o foco da unidade é abrir maior número de vagas possível para os municípios da região, promovendo e colaborando com a mão de obra qualificada.

Segundo o chefe do Executivo, a iniciativa trará grandes benefícios para a população coelhense. “A intenção é promover a capacitação profissional e ampliar a oferta de profissionais qualificados para o setor produtivo”, afirma o prefeito. Ainda de acordo com ele, a implantação do polo no município estimulará a geração de emprego e renda em consonância com o desenvolvimento econômico regional.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.