26/01/2018

Jovem acaba preso após ser acusado de ameaçar funcionária pública de Engenheiro Coelho

Indiciado cobrou R$ 1 mil para não vazar supostas fotos íntimas da vítima

Da redação

Um jovem, de 24 anos, foi preso durante a tarde desta quinta-feira (25) acusado de tentar extorquir uma moradora de Engenheiro Coelho. O indiciado teria ameaçado vazar supostas fotos íntimas de uma funcionária pública da cidade caso ela não pagasse o valor de R$ 1 mil. Após a vítima armar uma emboscada, a Polícia Militar (PM) conseguiu capturar o indivíduo que já tem passagem policial por tráfico de drogas.

Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O), há cerca de um mês, uma funcionária pública, de 55 anos, havia adicionado um rapaz de Limeira (SP) ao receber uma solicitação de amizade no Facebook. Segundo relato da mulher, ambos tinham amigos em comum na rede social, o que a levou aceitar o convite do indiciado.

O jovem se dizia evangélico e, posteriormente, trocaram o número do WhatsApp. O indivíduo passou a dizer que pretendia “namorar sério” com a funcionária pública, mas a mesma afirmou ser casada. O rapaz, mesmo sabendo da condição conjugal da vítima, continuou a investida e, segundo o registro policial, ele havia pedido para que ela fizesse uma transmissão de vídeo tomando banho; o que, segundo a servidora, teria sido recusado.

“O indiciado pediu para a vítima se separar do marido por diversas vezes, porém, a vítima disse que não faria isso”, afirma o documento.

A partir de então, o jovem revelou ser um hacker e disse que faria montagens com fotos da funcionária pública. Caso ela não pagasse R$ 1 mil, o criminoso vazaria as imagens nas redes sociais a fim de acabar com o casamento e com a reputação da mulher.

Emboscada

A vítima tentou reverter a situação, entretanto sem sucesso. Ao ser orientada por uma amiga, a funcionária pública acionou a Polícia Militar (PM) de Engenheiro Coelho. Ela havia marcado um encontro com o jovem na rodoviária da cidade para entregar o dinheiro e, também, comunicou a PM sobre o encontro. Ao chegar no local para pegar o montante, os agentes capturaram o criminoso, que logo foi algemado.

O indivíduo foi levado para a Delegacia de Polícia de Artur Nogueira (SP) e acusado por extorsão. A pena máxima para este tipo de crime é de quatro anos. Vale ressaltar que o jovem já possuía passagem pela polícia por envolvimento com tráfico de drogas.

O aparelho celular tanto da vítima quanto do indivíduo passarão por uma perícia técnica para que o caso continue sendo apurado.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.