25/12/2017

Mutirão de Natal de Engenheiro Coelho arrecada mais de 60 toneladas em doações

Iniciativa arrecada alimentos, roupas, brinquedos e outras doações destinadas a comunidades carentes e entidades de assistência social

Da redação

Fim de ano. A maior parte da população está preocupada em quais presentes comprar, quais alimentos cozinhar para a ceia e o que fazer para aproveitar da melhor maneira possível as festas de Natal e Ano Novo. No entanto, nem todo mundo tem condições para passar por essa data com boa alimentação, roupas e brinquedos novos.

Diante dessa realidade, a Igreja Adventista do Sétimo Dia (Iasd), instituição mantenedora do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), realiza um projeto social denominado Mutirão de Natal.

Foto: Rodrigo Gorski

A iniciativa, de acordo com a igreja, envolve diversas pessoas em uma campanha solidária, arrecadando alimentos, roupas, brinquedos e outras doações destinadas a comunidades carentes e entidades de assistência social. Além de doações, voluntários do projeto colocam em prática outras ações sociais como a reparação de casas e visitas a orfanatos.

De acordo com Paulo Henrique de Souza, coordenador do Mutirão de Natal realizado pela Iasd do Unasp-EC, o trabalho e a mobilização dos alunos já começa em fevereiro. “Nós temos uma demanda mensal de 220 famílias atendidas. Para atendê-los, a meta deste e de todos os anos é arrecadar, pelo menos, 60 toneladas de alimentos”, explica o coordenador.

No Unasp, as coletas estão divididas em equipes e são previamente marcadas. “Ao todo, pelo menos 150 pessoas são diretamente envolvidas com o trabalho que realizamos. Dentre elas, o núcleo de dirigentes da ASA. São todos voluntários”, explica o coordenador. Ainda segundo Souza, doações em dinheiro também são bem-vindas, e a distribuição dos materiais recolhidos é feita quinzenalmente durante o ano inteiro.

Toda a preparação e organização da campanha resulta em bons frutos. Um deles é descrito na história de Daphne Borges. Quando criança, a jovem, que é mãe de dois meninos pequenos (um deles ainda na barriga), conta que sua “família foi ajudada, em momentos de aperto, pelo Mutirão de Natal”. Grata ao projeto, Daphne comenta que, junto da família que formou depois de adulta, se esforça sempre que pode “para ajudar o projeto”.

Mutirão de Natal

Iniciado no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro, apenas nos últimos cinco anos, o projeto arrecadou 6.365 toneladas de alimentos e distribuiu a entidades de atendimento a pessoas necessitadas. De 2008 em diante, a ação se espalhou pelas igrejas adventistas em toda a América do Sul.

O Mutirão de Natal existe há 20 anos no Brasil, e todos os anos envolve milhares de pessoas que se dedicam a ajudar pessoas de baixa renda. No Unasp-EC, foram divididas três equipes com o objetivo de arrecadar alimentos, roupas, sapatos, brinquedos, entre outros. No total foram arrecadadas oito mil toneladas, entre roupas, alimentos e brinquedos, que serão revertidos em doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.