26/06/2019

Atleta de Engenheiro Coelho conquista Mundial Interclubes com time catarinense

Petuxa tem 20 anos, luta para permanecer no esporte e almeja jogar na Seleção Brasileira de Futebol

Da redação

Petuxa; é assim que ela gosta de ser chamada. A jovem atleta de 20 anos é coelhense e tem chamado a atenção, já no início da carreira, como jogadora de futsal. Sempre incentivada por amigos e familiares, ela joga há cinco anos no Estado de Santa Catarina. Recentemente, ganhou do Atlético Navalcarnero, conquistou o Mundial Interclubes com a equipe “Leoas da Serra” e almeja chegar na Seleção Brasileira de Futsal Feminino.

Vanderlei Pereira é o orgulhoso pai de Petuxa. Segundo ele, desde cedo a pequena já se encantava pelo futebol. “Desde criança, ela ia em todos os jogos que eu jogava e ficava brincando com a bola. Nunca gostou de boneca, sempre de bola”, se orgulha Pereira. Apoiada pelos pais e amigos, a menina cresceu e começou a levar a brincadeira mais a sério. No início foi difícil devido a dificuldade financeira da família, mas os problemas nunca impediram a sonhadora de seguir em frente em busca dos objetivos no esporte.

“Desde pequena sempre acompanhei jogos do meu pai, sempre gostei muito de ficar brincando com a bola e me apaixonei. Acho o futsal um esporte fascinante, é difícil não se interessar por ele”, conta. Depois de descobrir a paixão, a atleta buscou apoios e percebeu que o departamento de esporte da cidade de origem era falho, mas isso não impediu que ela continuasse. “Apesar da falha deles em relação ao esporte, eu fui apoiada por amigos e minha família, assim consegui avançar”.

Há cinco anos, ela mergulhou no mundo esportivo e viu uma oportunidade em outro Estado. Durante esse período, a jovem sofreu uma lesão do Ligamento Cruzado Anterior (LCA) e passou por uma cirurgia, porém isso já faz parte do passado. Recentemente, Petuxa deu um show com a equipe dela em um ginásio em Lages (SC).

O time triunfou contra o rival Atlético Navalcarnero. “Me sinto  muito feliz, estou de volta às quadras, vivendo e realizando um sonho na equipe das Leoas da Serra. Sou grata e abençoada demais por tudo que está acontecendo, mas acho que nunca é o suficiente, sempre tem algo a mais pra conquistar”, garante a atleta coelhense.

Apesar de se sentir realizada, a jovem atleta conta que enfrenta muitos desafios para permanecer no mundo esportivo. Ficar longe de casa, dos amigos e familiares não é fácil para ela, mas Petuxa tem muitos planos e isso a motiva. “Tenho sonhos dentro do futsal e o maior deles seria conseguir estar na Seleção Brasileira de Futsal”, revela.

A jogadora também luta contra o preconceito e incentiva outras meninas que gostam da modalidade a seguir e conquistar espaço. “É importante que elas não desistam dos sonhos por mais difícil que seja e independente de qualquer dificuldade que encontrarem pelo caminho. Se cair levanta e continua, a vida de um atleta é assim, existem altos e baixos só não podemos parar, pois a recompensa no final é incrível e maravilhosa”, afirma.

Petuxa segue com o sonho e a paixão pelo futsal. Assim, a jovem atleta de Engenheiro Coelho levará sempre o nome da cidade de origem encantando a todos com o grande talento.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.