23/05/2019

Conta de luz deve ficar mais cara em Engenheiro Coelho

O reajuste, aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, alterou os valores das bandeiras tarifárias em até 50%

Da redação

Após a bandeira tarifária assumir a cor amarela em maio deste ano, um novo reajuste foi divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira (21). A proposta, aprovada pelo órgão, alterou o valor da bandeira em 50%. Isso significa que a conta de luz ficará ainda mais cara, pesando no bolso do consumidor coelhense.

O valor da marcação amarela era de R$1 a cada 100 kWh. No entanto, com a nova alteração, passará a custar R$1,50 a cada 100 kWh, o que representa um aumento significativo de 50%. Contudo, a bandeira amarela não foi a única que sofreu reajuste, já que a vermelha no patamar 1 subiu de R$3 para R$4 a cada 100 kWh (33%), e no patamar 2, aumentou de R$5 para R$6 a cada 100 kWh (20%).

A alteração foi especialmente motivada pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras. O tema passou por audiência pública que recebeu 56 contribuições das quais 36% foram acatadas integralmente e 2% parcialmente. A medida começará a valer a partir de 1º de junho.

A resolução, aprovada pela ANEEL nesta terça (21), estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias com vigência em 2019. Foi incorporado um avanço metodológico para a regra de acionamento que atualiza o perfil do risco hidrológico (GSF), o qual passa a refletir exclusivamente a distribuição uniforme da energia contratada nos meses do ano (“sazonalização flat”). O efeito do GSF a ser percebido pelos consumidores retratará com maior precisão a produção da energia hidrelétrica e a conjuntura energética do sistema.

Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará de acordo com a função das condições de geração.

Com as referidas bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente e, o consumidor, tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais eficiente e sem desperdícios. Neste mês, será cobrado R$1 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Com isso, medidas como a economia de energia elétrica foram elencadas, a fim que o consumidor não sofra tanto ao pagar a conta. Confira:

Chuveiro elétrico

Um dos vilões da conta de energia é o chuveiro elétrico. A agência recomenda que os banhos sejam mais curtos e que sempre posicione a temperatura do chuveiro fria ou morna no verão. E sempre verificar a potência do chuveiro.

Ar condicionado

No verão a utilização dos aparelhos de ar condicionado aumenta. Por isso é importante sempre deixar seus filtros limpos, não deixar portas e janelas abertas enquanto o ar estiver ligado, colocar cortinas em janelas que recebem o sol direto e sempre reduzir a utilização do aparelho quando possível.

Ferro de passar

Junte o máximo de roupas possível para passar de uma só vez. Nunca deixar o ferro ligado enquanto faz outro serviço. E separe as roupas por tipo e comece por roupas que exigem menor temperatura do ferro.

Iluminação

Utilize sempre a luz solar durante o dia. Quando for sair de um ambiente, não se esqueça de apagar as luzes. Prefira pintar os ambientes com cores mais claras.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.