29/11/2019

Dia D de vacinação contra o Sarampo acontece neste sábado em Engenheiro Coelho

Público-alvo desta etapa são adultos entre 20 e 29 anos. A imunização será realizada na Sala de Vacina do município e na enfermaria do Unasp (EC)

Acontece neste sábado, 30 de novembro, o “Dia D” da Vacinação contra o Sarampo em Engenheiro Coelho. A imunização será realizada na Sala de Vacina das 8h às 17h e no Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), na enfermaria da igreja, das 8h30 às 12h. O público-alvo desta etapa são adultos entre 20 e 29 anos.

Como mencionado anteriormente, a secretaria de Saúde do município e o departamento de Planejamento e Vigilância em Saúde alertam o público alvo, para que estes compareçam sem falta. “É de suma importância que essa população de 20 a 29 anos venha tomar a vacina. Quando estes jovens eram crianças a vacinação era feita com apenas uma dose e agora, com estudos mais atualizados, foi comprovado que com apenas esta dose não acontece 100% da imunização”, alerta o coordenador de Vigilância em Saúde, David Forner.

“A pessoa fica imunizada em mais ou menos 95%. Portanto, existe a chance de desenvolver o Sarampo, ainda que de forma mais branda, e isso acaba acarretando essa epidemia que estamos enfrentando. É muito importante que esse público se conscientize a respeito e venha tomar  a vacina”, finaliza o coordenador.

Serviço: “Dia D” de Vacinação contra o Sarampo

Local:

Sala de Vacina do Centro de Especialidades Médicas: Rua Treze de Maio, 105, Centro – Engenheiro Coelho (SP).

Enfermaria de Igreja do Unasp/EC: Estrada Municipal Pastor Walter Boger, S/N – Lagoa Bonita I, Engenheiro Coelho (SP).

Sarampo

O sarampo é uma virose – um vírus com genoma RNA (paramyxovirus do grupo morbilivirus). Como a maior parte das doenças de disseminação respiratória, o sarampo era bem mais comum no inverno pela maior aglomeração de pessoas. A doença está bem controlada no Brasil e os casos que aparecem são importados ou secundários a importados.

Quais os sintomas?

Tosse, coriza, injeção conjuntival e febre. Após poucos dias da contaminação aparece o típico exantema (erupções avermelhadas na pele) do sarampo, que iniciam no tronco. O exantema não coça e dura pouco mais que uma semana. Bem no começo do exantema aparecem manchas brancas muito típicas nas mucosas, mais fáceis de ver na mucosa oral – as manchas de Koplick.

Riscos e complicações

O sarampo pode levar a várias complicações. A mais comum é a pneumonia bacteriana – principal responsável pela morte de crianças desnutridas. As complicações neurológicas, no entanto, assustam mais. Além de algumas agudas, como encefalite transitória, há uma encefalite crônica que sempre evolui mal e para o óbito. Ela ocorre anos depois do sarampo e é resultado da persistência do vírus no sistema nervoso central. É rara, mas assustadora.

Em adultos o sarampo é ainda mais grave. O diagnóstico é mais difícil e há uma pneumonia não bacteriana, pelo vírus do sarampo podendo ser muito grave.

Transmissão

A transmissão ocorre por gotículas respiratórias e a doença é muito contagiosa. 90 % das pessoas suscetíveis adquirem sarampo ao entrar em contato com alguém contaminado. A doença dá imunidade definitiva: só se tem sarampo uma vez. O sarampo é contagioso dois dias antes de o exantema surgir e até cinco dias depois.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.