17/10/2018

Engenheiro Coelho tem índice negativo em contratações na Indústria de Transformação

Dados foram divulgados pelo Observatório Metropolitano de Indicadores (OMI) da RMC

Da redação

O setor da Industria de Transformação apresentou baixa no quesito de contratações em Engenheiro Coelho. Além do município, as demais cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) também foram analisadas referente aos resultados do setor no último semestre de 2018. Das 20 cidades da RMC, quatro apresentaram queda nas contratações.

Os dados foram divulgados pelo Observatório Metropolitano de Indicadores (OMI) da RMC, que coletou números ligados à estatística de contratações e demissões do setor de Indústria de Transformação no período de janeiro a junho de 2018, analisados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). De acordo com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), o setor da Indústria de Transformação integra as atividades de transformação física, química e biológica de materiais, substâncias e componentes de matéria-prima com o intuito produzir novos produtos para o uso humano. Entre as atividades ligadas à Indústria de Transformação estão o mercado siderúrgico, metalúrgico, naval, petroquímico, mecânico, têxtil, entre outros.

O CAGED analisou que as admissões do setor em Engenheiro Coelho marcaram o resultado de 170 contratações contra 176 demissões, fechando assim, seis vagas. Cosmópolis (SP) apresentou 614 admissões e 465 desligamentos empregatícios. Holambra (SP) também teve alta com o resultado de 261 contratações e 208 demissões. Além do município coelhense, outras três cidades apresentaram baixa nas contratações do setor, sendo 1.575 demissões para 2.233 em Jaguariúna (SP), 1.339 admissões contra 1.479 demissões em Nova Odessa (SP) e 325 contratações contra 343 desligamentos em Morungaba (SP).

Os municípios que mais apresentaram alta nas contratações se comparadas às demissões foram Indaiatuba (SP) com 786 pontos positivos, Campinas (SP) com 508 pontos, Itatiba (SP) com 421, Valinhos (SP) com 396 e, Americana (SP), com 383 pontos.

Em relação aos demais município da RMC, Monte Mor (SP) apresentou 624 admissões e 549 desligamentos empregatícios, Hortolândia (SP) teve a marca de 1.824 contratações contra 1.675 demissões, Paulínia (SP) obteve 1.176 admissões e 1.485 demissões, Pedreira (SP) apresentou 1.388 contratações e 1.289 demissões. Santa Bárbara (SP) também demostrou alta no referido índice, sendo 3.218 admissões e 3.057 desligamentos, Santo Antônio de Posse (SP) teve 476 admissões e 412 demissões, Sumaré (SP) ficou com 1.988 contratações e 1.822 desligamentos, já Vinhedo (SP), resultou em 2.122 e 1.937 e dispensas de trabalho.

De forma geral, a Região Metropolitana de Campinas (RMC) teve um índice positivo no setor da Industria de Transformação, com o total de 37.902 contratações contra 35.337 demissões, resultando em 2.565 empregos formais na região.

………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.