19/01/2019

Estudo aponta que Engenheiro Coelho tem ‘ineficiência extrema’ em Educação

Município ficou na 470ª posição dentre as 598 cidades que disponibilizaram os dados

Henrique Oliveira

Um estudo apontou que a Educação de Engenheiro Coelho tem ‘ineficiência extrema’ pelo Atlas da Eficiência da Gestão Municipal. Lançado no final do ano passado (2018) pelo I3gs – órgão ligado à Universidade de Brasília (UnB) – o município coelhense ocupa a 470ª posição no ranking de 598 cidades.

O estudo compara a gestão pública de Educação entre as cidades do Estado de São Paulo em números para diferenciar as mais eficientes das menos eficientes na pasta municipal. Para se chegar nestas estatísticas, a pesquisa levou em consideração a aprovação de alunos, retenção, valor investido por cada estudante e proficiência.

Segundo o Atlas, Engenheiro Coelho investe R$ 6.811,97 anualmente por aluno. Para o estudo, a cidade teria que se adequar a um ajuste de (-) 45-4%, chegando a R$3.719,86 por discente. Ainda de acordo com o guia, “O [município] produz 67,6% do que poderia produzir considerando os insumos disponíveis”. O relatório também informa que a nota média do município no Ideb é de 5,9 e que a desistência escolar é de 0,1% do total de matriculados.

Do total de 645 municípios do Estado de São Paulo, 598 cidades disponibilizaram os dados para a realização do Atlas. Dez municípios foram considerados eficientes, 46 ineficiência moderada, 313 ineficiência crítica e 229 ineficiência extrema.

A cidade ficou na 470ª posição dentre as 598 cidades que disponibilizaram os dados.

Prefeitura

A equipe de reportagem do Portal Coelhense entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Engenheiro Coelho, mas, até o fechamento dessa matéria, não obtivemos uma resposta. Quando e se houver um retorno do Poder Executivo, esta matéria será atualizada.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.