12/06/2018

Funcionários denunciam presença de ratos em escola de Engenheiro Coelho

Prefeitura afirma que foi feito um trabalho de dedetização em todas as unidades escolares do município recentemente

Da redação

Uma denúncia feita ao Portal Coelhense chama a atenção. Segundo alguns funcionários da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (Emeief) José Forner, há presença de fezes de ratos por vários pontos da instituição de ensino. A unidade atende aproximadamente 300 crianças da cidade.

A reportagem ouviu três pessoas que trabalham na escola, nenhuma delas quis se identificar, mas mandaram fotos do ambiente de trabalho. Pelas imagens é possível perceber diversos pontos com fezes dos roedores. São diversos lugares como armários onde ficam o material das crianças, chão e prateleiras.

Uma pessoa que trabalha na instituição afirma que o problema não é novo. “Faz tempo que trabalho aqui e sempre vi esse problema, mas os ratos começaram a aparecer mais em 2017 e a prefeitura não faz nada”, afirma a funcionária. A denunciante afirma que, por muitas vezes, viu os bichos passarem pelo chão. “Você andando pela escola e de repente os ratos passam pelos pés da gente”, afirma.

Uma outra pessoa, também inconformada com a situação, acredita que sabe de onde está vindo os ratos. “No fundo da escola tem um terreno com um monte de coisa jogada, lixo e tudo mais. Acredito que deve estar vindo dali, tem que limpar né”, comenta a funcionária. E acrescenta, “já teve diversos problemas na cozinha da escola, leite que precisou ser jogado fora porque os ratos furaram as caixas”, finaliza.

Terreno com entulhos fica localizado atrás da escola

 

A última pessoa que a equipe de reportagem conversou foi uma professora do local. “É um absurdo, os ratos passam pelo material que depois vou dar para as crianças. Tem coco de rato ali, ninguém fala nada! E se essas crianças levam esse material à boca, quais os perigos disso?”, questiona a professora.

Algumas imagens mostram que existem ratoeiras em alguns pontos da escola, no entanto, a educadora acredita que o problema não está sendo solucionado. “Passou da hora de fazer mais que isso, não dá mais para conviver com ratos”, comenta.

O Portal Coelhense questionou o Poder Executivo sobre os problemas e, segundo a prefeitura, foi feito um trabalho de dedetização em todas as unidades escolares do município coelhense. Confira a nota na íntegra:

“Nós estranhamos esse fato porque foi feito um serviço de dedetização e um outro de desratização no final de maio, mais precisamente no dia 30, em todas as escolas municipais e até o momento não tivemos mais relatos de casos. Inclusive, o serviço foi feito logo após a notificação por parte da Creche Maria Oliveira, única unidade que relatou o problema. Mas mesmo assim, o prefeito Pedro Franco determinou que fosse feito o serviço em todas as unidades”.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.