08/02/2020

Liminar impede que professores iniciem greve em Engenheiro Coelho

Educadores lutam pelo piso salarial previsto na Lei Federal 11.738

Da redação 

Uma liminar expedida pelo Juiz Paulo Henrique Aduan Correa impede que os professores de Engenheiro Coelho entrem em greve na próxima segunda-feira (10).

A Liminar afirma que não houve uma assembleia para a deliberação quanto ao movimento grevista. O documento também afirma que uma multa de R$ 10 mil deverá ser aplicada ao descumpridor da ordem.

O que querem os professores?

Desde janeiro os educadores vêm pedindo um reajuste salarial. Atualmente, o pagamento mensal dos professores é de R$1.305,70, mas com os reajustes previstos em lei, o piso salarial deveria ser de R$1.800. Na última quinta-feira (6) a Câmara Municipal aprovou, em sessão extraordinária, um reajuste de 7,01%,o que equivale a R$ 91,52 de aumento.

Antes desse pequeno reajuste, a última vez que os professores de Engenheiro Coelho receberam um aumento foi no início de 2015.

……………………………………

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.