25/01/2019

Morre segundo suspeito de roubo após troca de tiros em Engenheiro Coelho

Dois dos três suspeitos morreram em confronto com policiais

Da redação

O segundo suspeito de uma tentativa de assalto em Engenheiro Coelho também morreu após troca de tiros na madrugada desta sexta-feira (25). O primeiro suspeito morreu uma hora antes logo após tentar roubar um sítio. O terceiro indivíduo conseguiu fugir e até o momento não foi identificado.


LEIA TAMBÉM:

Homem morre após troca de tiros com a ROMU em Engenheiro Coelho


O confronto ocorreu entre os indivíduos e agentes da Força Tática da Polícia Militar (PM). Conforme descrito no Boletim de Ocorrência (B.O.), por volta da meia noite os policiais auxiliavam nas buscas aos dois indivíduos, que teriam participado da tentativa de assalto no bairro Conceição, em Engenheiro Coelho. Um suspeito já tinha entrado em óbito após troca de tiros com oficiais da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil da cidade.

Uma testemunha informou a polícia sobre um automóvel vermelho que estaria trafegando em baixa velocidade pelo acostamento da Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), de forma suspeita. Em deslocamento ao trecho entre Engenheiro Coelho e Conchal (SP), mais precisamente na altura do KM-167,5, os agentes avistaram o veículo, em que estavam duas mulheres. Neste momento, os policiais notaram que dois homens, munidos de armamento, caminhavam em direção ao carro, no sentido contrário ao mesmo. A solicitação de abordagem foi então feita aos dois homens, que iniciaram disparos com arma de fogo contra os policiais.

Os oficiais revidaram com tiros contra os indivíduos. Um deles foi atingido e caiu ao solo com ferimentos na cabeça, pescoço e tórax. Com a chegada de uma equipe de enfermeiros socorristas, o óbito do indivíduo foi constatado. A arma que ele portava, uma pistola 9mm com 16 munições intactas e uma deflagrada, além de quatro cartuchos de calibre 12 e um celular, foi apreendida. Já o outro suspeito, conseguiu fugir em meio ao matagal existente no local.

Ao serem indagadas sobre o que faziam no local, uma das ocupantes do carro, de 21 anos, alegou ser namorada do rapaz alvejado e, que ela e a amiga, de 23 anos, se deslocaram ao endereço após uma solicitação de carona do rapaz, que dizia ter saído de um churrasco e que precisava ir embora para casa. Uma equipe de investigadores da Polícia Civil de Artur Nogueira (SP) e peritos estiveram no endereço.

As duas mulheres que ocupavam o automóvel vermelho durante a ação policial foram ouvidas e liberadas. Um inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Artur Artur Nogueira (SP) para melhor apuração dos fatos e do suposto envolvimento do indivíduo morto na ação de assalto. O terceiro suspeito de pertencer ao grupo que planejava o assalto à mão armada ao sítio de Engenheiro Coelho continua foragido.

………………………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.