29/06/2019

Tarifas de pedágios de Engenheiro Coelho serão mais caras a partir de segunda

Aumento foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (26)

Da redação

As tarifas de pedágio da Rodovia Engenheiro João Tosello, que liga Engenheiro Coelho/Limeira (SP), e também da Rodovia Zeferino Vaz, entre Artur Nogueira (SP) e Engenheiro Coelho serão reajustadas a partir de 0h desta segunda-feira (1). O contrato de pelo menos 19 concessionárias foram revistos e terão o aumento de 4,66%, índice relativo ao IPC-A acumulado entre junho do ano passado e maio desse ano. Coelhenses não receberam bem a informação.

“Um absurdo, estamos cercados por pedágios abusivos. Não temos nenhuma escapatória e temos que ir para uma cidade maior para resolver praticamente tudo. Muita gente trabalha fora da cidade e a situação complica cada vez mais. A sensação é de indignação para o tanto de dinheiro que essas concessionárias embolsam de nós trabalhadores”, opinou o morador Renato Leme Vieira.

Assim como Renato, Luciana Soares Silva também não gostou de receber a notícia, para ela, o reajuste pesará no bolso no final do mês. “Eu trabalho em Artur Nogueira e vou todos os dias, esse aumento me fará falta no final do mês. Acredito que deveriam fazer alguma coisa para quem trabalha e precisa passar pelo pedágio todos os dias. Eu estou pensando seriamente em me muda, pois é cada vez mais caro esse pedágio”, disse a coelhense.

Pois é, a indignação dos coelhenses chegou primeiro que o reajuste. Isso porque a partir se segunda-feira (1), o pedágio que liga a cidade coelhense até Limeira (SP) passará a custar R$ 8, ou seja, R$0,40 a mais, assim como o pedágio entre Engenheiro Coelho e Artur Nogueira (SP) que passará a custar R$5,80, antes o valor era de R$5,50.

O índice aplicado foi de 4,66%, e corresponde apenas à reposição da inflação medida pelo IPCA entre junho de 2018 e maio de 2019. O aumento foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (26) e estará disponível também no site da Agência de Transporte do Estado de são Paulo (Artesp).

Investimentos

A Artesp informa que, desde o início das concessões paulistas, a receita dos pedágios viabilizou mais de R$ 100 bilhões em investimentos em obras, manutenção e operação dos 8,4 mil quilômetros de rodovias paulistas sob concessão. Entre os serviços prestados pelas concessionárias, já foram realizados mais de 24 milhões de atendimentos aos usuários entre socorro médico e mecânico nas rodovias paulistas.

Isso melhorou a segurança e fluidez das viagens, como resultado, 18 das 20 melhores rodovias do Brasil são do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo, segundo levantamento técnico da Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Além disso, R$ 4,7 bilhões foram repassados para prefeituras paulistas a título do ISS-QN, imposto municipal que incide sobre a tarifa de pedágio, considerando o mesmo período. Essa verba pode ser utilizada pelas administrações municipais para investimentos nas cidades.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.