27/02/2020

Unasp oferece Curso Técnico em Edificações em Engenheiro Coelho

Qualquer pessoa matriculada ou que já concluiu o Ensino Médio pode fazer o curso. O prazo para as inscrições é até a segunda semana de março

Da redação

O Colégio Adventista Unasp em Engenheiro Coelho aderiu ao novo modelo educacional e abriu em 2020 a primeira turma do curso Técnico em Edificações, concomitante ao Ensino Médio. As aulas começaram no início de fevereiro, mas as  inscrições serão feitas até o dia 13 de março.

A formação técnica oferecida pela instituição se enquadra em uma das modalidades designadas pelo Ministério da Educação (MEC) e consiste em um modelo de ensino que permite ao aluno cursar matérias do Ensino Médio durante um turno e, em outro horário, realizar matérias específicas do curso técnico.

As disciplinas serão trabalhadas de forma interdisciplinar, ou seja, os conteúdos ensinados nas aulas do Ensino Médio serão vistos de forma prática no ensino técnico. “Enquanto o aluno estiver estudando Trigonometria no 1º ano do Ensino Médio, no técnico estará aprendendo Topografia. Ou seja, os conteúdos serão aplicados na matéria técnica, só que de forma prática”, explica o coordenador do Técnico em Edificações, Vinícius Freitas.

Diferente da graduação, que está focada em ampliar o conhecimento permitindo a formação, por exemplo, de pesquisadores e/ou cientistas, o ensino técnico tem um único objetivo, que é de preparar pessoas para atuarem no mercado de trabalho. Isso não quer dizer que uma formação exclua a outra, mas sim que podem se complementar, como lembra o coordenador. “O conteúdo do curso técnico é totalmente prático. Ou seja, o aluno vai realizar atividades que irá aplicar no mercado de trabalho e vai sair com uma formação plena na área, permitindo que ele encerre suas atividades sendo já profissional. E ainda pode considerar a possibilidade de dar continuidade em um curso do Ensino Superior”, completa.

Atribuições

O curso técnico de edificações do Unasp tem duração de três anos. Quem inicia a formação no primeiro ano do Ensino Médio, ao final, tem a oportunidade de sair com dupla certificação. Esse diploma permite ao aluno realizar a emissão de uma carteirinha do Conselho Regional dos Técnicos (CRT). Para o diretor do Colégio Adventista do Unasp, Henrique Romaneli, essa nova formação é uma maneira da instituição crescer e fazer com que os alunos ampliem suas oportunidades. “O nosso objetivo é fazer que esse curso seja um marco para o nosso Colégio, mas também um trampolim para novas possibilidades para nossos alunos e comunidade”, afirma.

A carteirinha permite algumas atribuições a esse profissional: uma delas é que ele pode sair do Ensino Médio já com permissão de executar projetos de até 90 m ² de concreto armado, sem a necessidade da autorização de um Engenheiro ou Arquiteto. Dentro dessa área ele pode projetar com supervisão de um profissional de Engenharia Civil ou Arquitetura.

Outra atribuição é a de desenhista técnico profissional e técnico de laboratório, trabalhando dentro de escritórios de Engenharia e Arquitetura auxiliando o trabalho desses profissionais. Ele também pode trabalhar com Topografia dentro das atribuições que o governo permite a esse profissional.

Como ingressar

Podem se matricular no Curso Técnico em Edificações alunos que estejam cursando o Ensino Médio no Colégio Adventista Unasp ou em qualquer outra instituição de ensino médio. Para realizar a inscrição basta trazer histórico escolar e documentos pessoais à secretaria do Colégio Unasp. As aulas acontecem todas às segundas das 13h30 às 16h45, quartas e quintas das 13h30 às 17h30.

A Central de Atendimento do Colégio Unasp atende pelo telefone (19) 3858-9017, de segunda à quinta das 7h30 às 12h e das 13h às 18h, exceto sexta-feira, que funciona das 7h30 às 12h e das 13h às 16h45. Domingo das 8h às 12h.

……………………………………

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Coelhense.

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.